Estrias, brancas ou vermelhas?

Estrias, brancas ou vermelhas?

Estrias, brancas ou vermelhas?

Quando falamos de beleza, vem logo a ideia de perfeição daquele corpo sem celulite, gordura ou até mesmo as estrias. No entanto a maioria das pessoas não sabe identificar ou até entender como tratar tais alterações que estão presentes em nosso corpo. Hoje iremos falar das estrias, as famosas zebrinhas que tanto incomodam e estão presentes constantemente tanto em homens quanto em mulheres.

Para começar vamos entender melhor o que são estrias?

estrias2

Afinal o que são Estrias? As Estrias são caracterizadas pela deformação ou rompimento das fibras de colágeno e elastina que dão sustentação para a pele e aparecem em forma de “riscos” ou melhor estriamentos na camada média da pele (derme). Esse ponto de distensão máxima varia de pessoa para pessoa e depende muito da genética de cada um, podem aparecer tanto em homens, quanto mulheres. O período de maior aparecimento de estrias é na adolescência, quando há o crescimento do jovem e também constantemente em grávidas durante a fase de gestação. Entretanto, existem também outras formas para o aparecimento como a alteração hormonal e a mudança brusca de peso.

Quais são os tipos de estrias?

estrias-rubras-e-estrias-albas

Hoje podemos ver por ai diversos nomes e classificações para as estrias, mas de forma geral podemos classificá-las em três tipos:

  • As vermelhas(aquelas com o tom de arroxeadas)
    • As vermelhas, por serem recentes, são as mais fáceis de tratar, além de ainda possuir sangue circulando no local, o que é indicado pela tonalidade aparentemente roxa, é um tipo de estria que possui um tecido que ainda não foi totalmente prejudicado e se não forem tratadas com o passar do tempo irão se tornar esbranquiçadas.
  • As brancas(aquelas superficiais e estreitas)
    • As brancas superficiais e estreitas são aquelas que já ocorreu uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas ou seja estão no estágio seguinte e definitivo, tornando a circulação local deficitária, é um tipo de estria que já não possui uma reação inflamatória.
  • As brancas(aquelas que são profundas e largas)
    • As brancas profundas e largas assim com as superficiais e estreitas são um tipo de estria mais antigas e não tem vascularização. Entretanto por serem estrias largas e profundas, há necessidade de métodos mais invasivos para estimular o preenchimento dessas linhas de dentro para fora.

Vale lembrar que as estrias avermelhadas podem ser tratadas, já as brancas (antigas) não contam com um tratamento efetivo e, no máximo, é possível diminuir a intensidade das lesões, por isso torna interessante novos métodos assim com o STRIORT, que buscam dar uma solução a tais estrias brancas e trazer de uma forma geral esperança no combate mais efetivo contra o famoso BUMBUM DE ZEBRA!!.

Quer saber um pouco mais sobre este tratamento acesse: http://www.intatos.com.br/tratamentos/striort

Como tratar e prevenir os tipos de estrias?

caderno-mulher-estrias-tem-cura

Bom conhecemos os tipos de estrias agora vamos falar sobre a prevenção, e ai tenho ou não estrias mais não quero ter novas como posso prevenir? Afinal para prevenir o aparecimento das indesejáveis estrias, é necessário cuidar do corpo, evite o excesso de ganho de peso e também o famoso efeito sanfona, e hidrate bastante sua pele e mantenha uma alimentação saudável. O fato é que tirando “as causas naturais”, como dito anteriormente podemos sim prevenir as estrias. Mas fique atento não existem milagres por ai!!!

Dito sobre a prevenção, vamos ao que interessa à maioria das pessoas, quais os tratamentos para estrias hoje? É importante lembrar que hoje existem diversos tratamentos eficazes no combate as estrias, mas também ha promessas falsas e enganações, por isso é importante sempre consultar um profissional de confiança e obter indicações, nada melhor que confiança para realizar um tratamento ou compra de produto que realmente ira te oferecer resultados. Enfim e quais são os tratamentos possíveis? Veja a seguir…

Tratamentos

Hidratação: A Hidratação deve ser contínua em nosso organismo, é importante ingerir diariamente cerca de 2 a 3 litros de água para o bom funcionamento do corpo e também para a manutenção das fibras de colágeno da pele, desta forma ajudando a prevenir as estrias.

Cremes: Hoje temos no mercado diversos produtos e cremes para o combate as estrias, neste caso é importante consultar um profissional capacitado como o dermatologista. É comum usar a associação de um hidratante/óleo/emoliente, com algum tipo de ácido, como ácido retinóico, glicólico, mandélico entre outros. Os cremes também são utilizados com a intenção de prevenir as estrias durante a gravidez. Nesse caso é importante consultar um médico para escolha correta dos medicamentos a serem utilizados neste período.

Peeling: O Peeling é um dos mais utilizados como tratamento das estrias. Ele age na descamação mais intensa da pele tratada, causando a melhora da textura superficial na pele e estimulando a produção de colágeno nas camadas mais profundas, também pode ser utilizado para tratamento de áreas manchadas ou estrias mais escurecidas. Ex: Peeling 3D, Peeling Químico e outros.

Dermoabrasão: A Dermoabrasão ou Microdermoabrasão é um tratamento que busca a esfoliação da pele, promovendo uma renovação das camadas superficiais e profundas, desta forma estimulando um novo processo de cicatrização que leva à melhora das estrias.

Dermaroller: O Dermaroller ou DermaPen é tambem um tratamento para as estrias que consiste no uso do rolo ou caneta com micro-agulhas, seu processo é realizado com a passagem de várias vezes na área a ser tratada, desta forma causando um pequeno trauma que vai estimular a produção de colágeno e elastina, retraindo a pele. Ele pode ser utilizado nos tratamento para estrias, cicatrizes de acne, rugas da face e flacidez da pele.

StriortO Striort é um procedimento dirigido, principalmente, para aquelas estrias antigas, branquinhas, as famosas zebrinhas que não tinham solução. O método promete eliminar até 80% das estrias brancas já na primeira sessão!! É um tratamento novo que consiste em uma Técnica Ortomolecular de Combate as Estrias.

Veja o vídeo explicativo sobre as estrias:

Para finalizar: 4 simples dicas que são FUNDAMENTAIS!!!

1-Lembre-se, quanto antes iniciar os tratamentos melhores serão as chances de bons resultados, por isso não demore.

2-Sempre é possível melhorar o aspecto da estria e obter bons resultados

3-Não exite cura para as estrias nem produto ou tratamento que faça assim como um borracha e apague suas estrias, por isso cuidado com o que lhe prometem.

4-Consulte sempre um profissional qualificado e obtenha indicações, afinal é sempre bom ter resultados com um equipe de confiança!!

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

Your email address will not be published.